Precisamos de sua ajuda para manter nossas atividades.
Atualmente, além das inúmeras despesas fixas, são também centenas de metas, projetos e desafios a conquistar que dependem de sua colaboração direta. Escolha abaixo como pode nos ajudar:

Ação voluntária

Atue junto aos núcleos, participe de cursos, panfletagens, manifestações e divulgue a doutrina para outras pessoas.
Ação voluntária
OU

Contribuição financeira

Ajude a manter nossos projetos. Para colaborações financeiras, escolha aqui a opção mais adequada a você: boleto ou depósito.
Colabore



A viagem do besouro brasileiro, o maior do mundo

No dia cinco de março o Museu de História Natural de Genebra divulgou um curioso novo integrante de seu acervo biológico: trata-se do maior besouro do mundo, o Titanus Gigantus, mais conhecido como Besouro Gigante da Amazônia. O Titanus alimenta-se de material orgânico em decomposição na floresta. Com cerca de vinte centímetros de comprimento, é maior do que a mão de um homem adulto. Não só é o maior besouro como também é o maior inseto do mundo. Além ser o maior inseto em peso, também é o maior invertebrado voador.

De acordo com o comunicado do Museu de Genebra o inseto teria viajado por engano na mala de um turista que ao chegar a sua residência teria se surpreendido com o inesperado besouro. Após o susto, o suposto turista teria colocado o besouro vivo em um vidro com álcool e prontamente chamou a empresa de dedetização que encaminhou o espécime ao Museu de Historia Natural de Genebra.

A biopirataria é uma velha inimiga das florestas brasileiras, não se trata apenas do contrabando ilícito das mais diversas formas de vida da floresta, mas principalmente a apropriação e monopolização do conhecimento que estas espécies podem agregar as indústrias de um modo geral. Possivelmente este besouro, ainda pouco estudado pelos cientistas brasileiros, atraiu de alguma forma a atenção da comunidade científica de Genebra, razão pela qual se apropriaram de um animal retirado de florestas brasileiras.

Outros diversos casos de biopirataria são exemplos recentes em nossa historia, como uma espécie de planta conhecida popularmente como “Quebra-Pedras”, cujo uso terapêutico para problemas urinários já esta patenteado nos EUA. Além dessa, existem várias outras riquezas nacionais que foram saqueadas pelo tráfico internacional de biopirataria. Este exemplo é uma amostra real de como o inerte e ineficiente governo brasileiro poderia estar recebendo recursos da ordem de milhões de dólares com o direito dessas patentes se houvessem sido registradas no Brasil.

Nosso governo simplesmente ignora a existência dos nossos recursos biológicos, e quando não ignora se mostram incapazes de interromper o processo de apropriação por outras nações. Portanto é evidente que casos como este de biopirataria já são rotineiros em nossa história, porém algo tão descarado como este jamais havia ocorrido nos registros da biopirataria nacional. Fica aqui o desejo ao espécime brasileiro que tenha muita saúde e consiga um emprego em Genebra, já que as empresas no Brasil cada dia mais anunciam demissões por conta da chamada “marolinha presidencial”.
 

Por Jorge Figueira


13/03/2009, 21:04:28



A viagem do besouro brasileiro, o maior do mundo | - Integralismo | Frente Integralista Brasileira ..