Precisamos de sua ajuda para manter nossas atividades.
Atualmente, além das inúmeras despesas fixas, são também centenas de metas, projetos e desafios a conquistar que dependem de sua colaboração direta. Escolha abaixo como pode nos ajudar:

Ação voluntária

Atue junto aos núcleos, participe de cursos, panfletagens, manifestações e divulgue a doutrina para outras pessoas.
Ação voluntária
OU

Contribuição financeira

Ajude a manter nossos projetos. Para colaborações financeiras, escolha aqui a opção mais adequada a você: boleto ou depósito.
Colabore



Presidente da FIB faz palestra na Academia de Letras de Campos do Jordão

No último dia 27 de maio, o Sr. Dr. Victor Emanuel Vilela Barbuy, Presidente Nacional da Frente Integralista Brasileira e 1º Vice-Presidente e Presidente em exercício da Casa de Plínio Salgado, proferiu, na sessão da Academia de Letras de Campos Jordão, realizada na Câmara dos Vereadores daquela bela cidade da Mantiqueira, uma palestra em memória do escritor jordanense Celso Marcondes Ferreira, que ocupou, naquela Instituição, a cadeira de número 17, cujo patrono é Plínio Salgado.  A palestra de Victor Emanuel Vilela Barbuy teve como ponto central a leitura de seu artigo Celso Marcondes Ferreira, in memoriam, publicado, com o título de Celso Marcondes Ferreira, o “escritor do pinhão”, na mais recente edição do jornal O Lince, de Aparecida-SP,[i] e foi precedida pela leitura do soneto Campos do Jordão, também de Victor Emanuel. Segue o aludido soneto, formosa e sincera homenagem à chamada “Montanha Magnífica”:



CAMPOS DO JORDÃO



Ó Campos do Jordão das hibernais

Manhãs, brancas e límpidas, dos poentes

Incendiados, dos verdes pinheirais

E das folhas douradas, qual cadentes



Estrelas a voar, nas outonais

Tardes, aos ventos frios e plangentes;

Dos liriais, níveos mantos de brumais

Alvoradas e poentes, decadentes



Sóis e dos céus do mais límpido anil!

Ó sobranceira ‘Suíça Brasileira’,

Belíssimo Jardim do meu Brasil,



Num píncaro de serra cultivado,

Hortênsia de Davos na Mantiqueira,

Sois a Rosa do meu Sonho Encantado!”



Victor Emanuel Vilela Barbuy, Campos do Jordão, 25 de julho de 2014.



Na mesma sessão da Academia de Letras de Campos do Jordão, tomou posse da cadeira número 17, cujo patrono, como foi dito, é Plínio Salgado, o escritor e poeta Ulysses Pessanha da Silva, e tomou, ainda, posse da cadeira número 5, cujo patrono é Victor Brecheret, o artista plástico, jornalista e crítico de Arte Luiz Pereira Moysés.


 




NOTA:



[i] Celso Marcondes Ferreira, o “escritor do pinhão”, in O Lince, Nova fase – ano 11, nº 74, Aparecida-SP, mar./abr. de 2017, pp. 8-9. Texto também disponível em: http://www.integralismo.org.br/?cont=781&ox=402#.WS9YjWgrLIU. Acesso em 31/05/2017.  


 


 



02/06/2017, 20:20:32



Presidente da FIB faz palestra na Academia de Letras de Campos do Jordão | - Integralismo | Frente Integralista Brasileira ..